Exército leva ações de cidadania à população residente em pontos mais isolados da região amazônica

A “Cabeça do Cachorro” está situada à margem do Rio Negro, no extremo noroeste do Brasil, na região de fronteira com a Colômbia e a Venezuela.
Com diversas áreas demarcadas como Terras Indígenas, o acesso à localidade se dá mais comumente por meio fluvial, o que faz com que se torne uma região isolada pela geografia.

Com isso em mente, o Comando de Fronteira Rio Negro e 5º Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron RN/5º BIS) implementou, no período de 2 a 6 de setembro, a Operação “Estamos Presentes”, com a finalidade de levar ações de cidadania a essa localidade isolada.
Os militares, durante a Operação de Reconhecimento de Fronteira (REFRON), objetivando incentivar o culto aos símbolos nacionais, realizaram atos solenes, hasteando o Pavilhão Nacional nas Comunidades Indígenas de Melo Franco, no Rio Papuri;

Ainda visando às ações de cidadania, foram disponibilizados atendimentos médico e odontológico às populações desses pontos isolados da Região Amazônica, beneficiando cerca de 400 pessoas.

Paralelamente, foi implementada uma expedição ao Pico da Neblina, ponto mais alto do Brasil, com 2.994 m de altitude, a fim de substituir a Bandeira Nacional e honrar o compromisso maior dos Guerreiros de Selva do Alto Rio Negro: “Onde for Brasil e Amazônia, lá estaremos!"

 

 

Se você deseja se preparar para os concursos das carreiras militares, clique aqui e venha fazer parte da ViaEducacional!

Posted in Blog, Cursos Carreiras Militares.

One Comment

  1. Gostei da notícia. É melhor do que as que escuto na TV. Este tipo de notícias é instrutivo, traz conhecimentos ao brasileiro, torna o Brasil conhecido aqui e no exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *